Até que Ponto ir para Construir Seu Portfólio

Para se tornar um fotógrafo profissional bem sucedidos precisamos de um bom portfólio para que sejamos notados pelas pessoas certas. Mas a dúvida que muito de nos temos é: até que ponto devemos ir para construir um bom portfólio no início da carreira fotográfica?

Devemos cobrar pouco?

Não. Na minha opinião, não! Trabalhar cobrando pouco pode te ajudar a fechar muitos contratos e aumentar seu portfólio mas isso pode sujar sua frágil reputação.
Se você cobrar R$200,00 de um cliente para fotografar a festa de aniversário do filho dele, você provavelmente será referenciado para o amigo daquele cliente que agora será seu cliente também. O grande problema é que provavelmente você terá que manter o preço que cobrou do primeiro cliente, pois esse se recusará a pagar R$1000,00 se você cobrou 80% menos do amigo dele.

Tudo isso pode se tornar em um ciclo vicioso onde só quem perde e você fotógrafo.

Mas tenha em mente que isso que falei é sobre cobrar realmente pouco. Não há nada de errado em, por exemplo, cobrar 20% do seu valor normal para uma pessoa que tem grande influência como uma blogueira(o) famosa para fazer fotos para o blog dela(e) em troca de publicidade e um backlink para seu próprio blog vindo do dela. Nesse caso, considere que você está recebendo o pagamento integral, só que uma parte em dinheiro e a outra em publicidade.

porfólio de arthur rosa

Devemos fotografar de graça?

Sim e não. Depende da situação. Devemos analisar o quão vantajoso pode ser trabalhar de graça para uma certa pessoa. Análise a influência que a pessoa possui em mídias sociais e na sociedade em geral, pois o boca-a-boca que ela pode fazer poderá lhe trazer bons clientes.
Você também pode combinar com a pessoa que está ganhando a sessão fotográfica de graça que ela deve publicar o trabalho nas redes sociais lhe dando os créditos pelas imagens ou colocando o link para seu site/blog.

Quase todos os fotógrafos trabalharam de graça algum dia. Mas o que você deve ter em mente é que nunca deve trabalhar de graça mais de uma vez para a mesma pessoa, ou isso poderá arruinar sua carreira que mal começou.
fotos do fotografo arthur rosa

E se as coisas não começarem a melhorar depois de um tempo, ainda devo continuar fotografando de graça?

Não. Se você já espalhou por sua cidade e redes sociais que você é fotografo e mesmo assim os clientes não chegam é porque você está fazendo algo errado. Fotografar de graça não irá te ajudar mais depois de seis meses a um ano tentando entrar no mercado.
Tente melhorar suas habilidades com negócios e marketing, além de estudar bastante para melhorar sua arte. Pois dificilmente um marketing bom irá levar um trabalho ruim ao sucesso.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Arthur Rosa

Vamos conversar?


Made with love and cafeine by Arthur Rosa